sexta-feira, 8 de julho de 2011

Cientistas sabem o que é que querem as mulheres

O que é realmente importante para as mulheres na cama? Não só os homens mas também os cientistas têm procurado uma resposta para esta pergunta. Há uma infinidade de opiniões diferentes de ambos os sexos. Os autores de um novo livro, famosos neurologistas americanos, argumentam que o mecanismo do desejo sexual de mulheres e homens é muito diferente.

Em um livro recém lançado nos EUA com o título ” Um bilhão de maus pensamentos” (A Billion Wicked Thoughts), os famosos cientistas, os neurologistas Ogi Ogãs e Sai Gaddam argumentam que o cérebro feminino é muito mais complexo do que o de um homem quando se trata da escolha de um parceiro sexual. Para suas descobertas, eles usaram os dados estatísticos de bilhões de consultas relacionadas ao sexo do motor de busca Dogpile, que combina resultados de pesquisa de Google, Yahoo e Bing, sua própria experiência na sexologia e psicologia, bem como as mais recentes evidências científicas sobre as diferenças atividade cerebral masculina e feminina.

Todo mundo tem um sistema de alarme ligado a partes específicas do cérebro, que os analisa e dá um comando para responder. Sistema de sinalização sexual masculina é mais visual, portanto, os homens obtêm prazer visando o orgasmo de mulher, de que muitas mulheres estão bem cientes e, portanto, simulam-na. Segundo os cientistas o cérebro feminino funciona como uma “agência de detetives”, examinando e repetidamente calculando todas as qualidades de um parceiro para determinar se o homem merece sua atenção. “A mulher quer saber se haverá uma próxima vez, se o homem é responsável, e se ele vai voltar para ela”, disse Ogas em uma entrevista a CNN.

Pelo menos é o que dizem os cientistas.

Por: Correio do Brasil