sexta-feira, 1 de julho de 2011

Kassab e asseclas terão aumento de 100%

Por: Eliseu

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, nesta quinta-feira (30), o Projeto de Lei 303/2011, que concede aumento ao prefeito Gilberto Kassab, à vice-prefeita Alda Marco Antônio (PMDB) e aos secretários municipais.

O novo salário do prefeito passará de R$ 12.384 para R$ 24.117,62 a partir de janeiro de 2012, um aumento de 94,75%. Não é engano, são quase 100%. A vice-prefeita passará a receber R$ 21.705,86. O maior aumento foi para os secretários. Eles viram seus salários passarem de cerca de R$ 5.500 para R$ 19.294,10 - praticamente quadruplicaram.

Enquanto isso, os trabalhadores normais, os ditos “simples mortais”, e os aposentados que atuam ou atuaram na iniciativa privada terão aumento previsto para 2012 na faixa dos 13%, devendo atingir a “impressionante” quantia de R$ 616,00. Valor insuficiente para pagar um aluguel com o mínimo de dignidade para moradia. Comprar um, nem na favela. Comer então?. Situação diferente não vive o funcionalismo público comum, e certamente acalorados debates virão em defesa de um aumento menor.

Nova votação

O projeto, que passou em primeira votação e ainda precisa ser referendado pelos vereadores, obteve votação favorável de 37 parlamentares e 12 contrários.

A expectativa é que o projeto passe por segunda votação numa das sessões extraordinárias que está convocada para o próximo sábado (2).

A Lei Orgânica do Município diz que os subsídios do Executivo devem ser fixados anualmente. O valor pago deve ser de, no máximo, 90,25% do que recebem os ministros do Supremo Tribunal Federal.

Nosso belo e rico Brasil continua dormindo em “berço esplêndido”, com a maior parte da população preocupada com o resultado de seu time de futebol favorito e qual será a nova campeã do carnaval Carioca e Paulista, enquanto somos extorquidos de toda maneira por políticos do naipe de Kassab.

Sempre devemos lembrar que a população de São Paulo, genericamente falando, deve gostar da situação, uma vez que há mais de 17 anos são comandados por tucanos e agregados. E de quebra, que tem uma visão política privilegiada, elegendo como deputado federal mais votados do País nada mais do que o quase famoso, e analfabeto palhaço Tiririca.

Com informações do R7