quarta-feira, 27 de julho de 2011

Ministro da Defesa diz que votou em Serra

O Ministro da Defesa Nelson Jobim continua metendo as mãos pelos pés em suas desastradas declarações.

Após elogiar o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso, dizendo que tem que tolerar idiotas no governo, o Ministro diz que votou em Serra nas eleições de 2010. "O Serra foi meu padrinho de casamento, eu morei com ele algum tempo aqui em Brasília".  "Eu votei no Serra", contou Jobim para a Folha.

Na avaliação de Jobim, se o tucano José Serra tivesse sido eleito, o governo "seria a mesma coisa" no manejo das recentes crises políticas, como a do combate à corrupção no Ministério dos Transportes. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), minimizou as declarações do ministro da Defesa, Nelson Jobim (PMDB), que revelou ter votado no tucano José Serra para a sucessão presidencial de 2010. De acordo com Temer, a revelação não coloca em risco o cargo de Jobim. "A franqueza dele não altera a posição dele no governo."

O peemedebista lembrou a divisão interna do partido durante a campanha presidencial de 2010. Em alguns Estados, como São Paulo, o PMDB apoiou o candidato do PSDB e, em outros, como no Rio de Janeiro, esteve no palanque de Dilma. "Nem todos os peemedebistas votaram na chapa", disse.

Resta saber se a presidenta Dilma vai manter no importante cargo uma pessoa que pensa como seu principal opositor, o nada confiável José Serra. Nós, que de alguma forma a ajudamos a se eleger, estamos esperando sua atitude.

Por: Eliseu