quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Classificação do Brasil é aumentada por agência de risco japonesa

A agência de classificação de risco de investimento R&I Japan elevou, nesta quinta-feira, a nota do Brasil de BBB- para BBB, o segundo nível dos países considerados "grau de investimento" com perspectiva estável. Para aumentar a nota brasileira - quanto maior a classificação, mais confiável é uma economia -, a agência considerou que o "significativo" aumento da classe média brasileira contribuiu para a formação de um robusto mercado interno, com alto poder de consumo e a rápida recuperação da situação fiscal e econômica brasileira após a crise de 2008, com crescimento de a economia de 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010 e perspectiva de alta de 4% em 2012.
A R&I considerou, ainda, que houve diminuição dos riscos da economia brasileira sofrer impactos mais profundos devido a mudanças drásticas no ambiente externo e elogiou a continuidade do compromisso fiscal pelo novo governo e condução ativa da política monetária pelo Banco Central brasileiro.
A agência, no entanto, alerta para a necessidade de aumento da poupança doméstica para permitir o crescimento dos investimentos e o combate a pressões inflacionárias. A Secretaria do Tesouro Nacional afirmou, em nota, que essa elevação na classificação do Brasil vir num momento de volatilidade dos mercados financeiros internacionais "internacionais demonstra a solidez da gestão da política econômica brasileira".

Por: O Dia Online