sábado, 13 de agosto de 2011

O muro que não deve ser esquecido!

Ilustração Exatamente a cinquenta anos, os líderes da antiga Alemanha Oriental ou República Democrática Alemã, tomaram a drástica decisão de dividir Berlim com um muro que virou, ao longo dos 28 anos posteriores, a imagem de uma nação dividida e o ícone da Guerra Fria.

Neste sábado foi realizada uma cerimônia que contou com a presença do presidente, Christian Wulff e da premiê Angela Merkel para lembrar os 50 anos do início da construção do Muro de Berlim. Foi no dia 13 de agosto de 1961 que começaram os trabalhos para a construção da estrutura que dividiu a capital da Alemanha em duas e que foi derrubado em 1989, marcando um hito na história e na política mundial. 

Ícone da Guerra Fria, também chamada Cortina de Ferro, o muro dividiu não somente a Alemanha mas também a própria cidade. Palco de episódios históricos como o confronto no posto fronteiriço conhecido como Checkpoint Charlie, entre tanques soviéticos e norte-americanos no dia 27 de outubro do mesmo ano, a queda do muro mudou não somente a paisagem da cidade como a Alemanha.

Por mais de 28 anos, o Muro de Berlim foi o símbolo da divisão da Alemanha. Somente na região metropolitana de Berlim, o Muro tinha mais de 43 quilômetros de comprimento. Ao longo de seu percurso na cidade, ele interrompia oito linhas de trens urbanos, quatro de metrô e 193 ruas e avenidas. Em sua extensão, o "gigante de concreto" atravessava 24 quilômetros de rios e cruzava 30 quilômetros de bosques. A fronteira de Berlim, cujas instalações incluíam o muro, era controlada 24 horas por dia. Soldados armados, em mais de 300 torres de observação, vigiavam constantemente para evitar fugas a Berlim Ocidental. A área da fronteira tinha 100 metros de largura, com diversos tipos de obstáculos. Esse território era conhecido como "Faixa da Morte". 

No discurso deste sábado, o presidente alemão relembrou o gradeamento metálico de mais de sessenta e seis quilômetros de extensão como o “Muro da Vergonha” que dividia a Alemanha em duas partes muito diferentes. Alemanha, após a derrota na Segunda Guerra Mundial foi dividida em quatro regiões controladas pelos exércitos aliados.

Por: O Repórter