sábado, 3 de setembro de 2011

Americano é preso por morder cobra

Cobra ficou gravemente ferida, mas foi salva com uma cirurgia de emergência Um americano da cidade de Sacramento, na Califórnia, foi preso sob a acusação de deixar uma cobra de estimação seriamente ferida após mordê-la duas vezes.

A polícia foi chamada a um local no norte da cidade na noite de quinta-feira pensando que se tratava de um caso de ataque a uma pessoa.

Mas enquanto os policiais conversavam com David Senk, de 54 anos, encontrado caído no local, uma testemunha o acusou de tirar pedaços da cobra píton a dentadas.

O homem acabou detido sob a acusação de mutilar um réptil.

Operação de emergência

A píton foi submetida a uma operação de emergência e está se recuperando do ataque.

Segundo o serviço de atendimento a animais de Sacramento, a cobra ficou gravemente ferida e perdeu algumas costelas, mas foi salva pela cirurgia.

As mordidas na cobra de um metro de comprimento eram suficientemente grandes para expor o fígado do animal.

Da prisão, Senk afirmou à mídia local que não lembrava do incidente e que tem problemas com o consumo de álcool.

"O que foi que eu fiz?", perguntou Senk. "Se vocês encontrarem o dono da cobra, digam a ele que eu sinto muito... Eu me disponho a pagar pelos custos do tratamento", afirmou.

É muito maluco que circula por esse mundão…

Por: BBC Brasil