segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Governador do Rio resolve caos no trânsito

Mostrando uma “eficiência” fenomenal ao “resolver” o grave problema das enchentes na cidade do Rio e Região Serrana com a instalação de sirenes para avisar a população do iminente perigo, o Governo do Rio está resolvendo de maneira rápida e simples o caos no trânsito, para isso, comprando helicópteros para transporte do Governador, Vice, Secretários e puxa-sacos em geral.

Conforme publicou hoje o portal Terra, menos de um mês depois de ter confirmado a compra do sexto helicóptero, por R$ 15,2 milhões, o governo do Rio de Janeiro anunciou uma licitação para adquirir uma nova aeronave, com valor máximo de R$ 8,8 milhões. O equipamento integrará a frota da Casa Civil, usada para transportar o governador Sérgio Cabral (PMDB), o vice Luiz Fernando Pezão e secretários. Para justificar a necessidade de deslocamentos aéreos para as autoridades do governo, o edital de concorrência afirma que "as difíceis condições de tráfego tendem ao agravamento, sendo muitas vezes impossível de se prever o tempo dispensado para um determinado trajeto". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cabral costuma usar as aeronaves para percorrer parte do trajeto entre sua residência, no Leblon, e a sede do governo, o Palácio Guanabara, em Laranjeiras. Segundo o governo, o deslocamento aéreo é necessário por motivos de tempo e segurança. O edital de concorrência alega que a nova aeronave será usada para fiscalizar a execução das obras da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016.

O problema de locomoção do Governador está resolvido. O restante da população, simples mortais, que se virem nos “confortáveis” ônibus, trens e metrôs, nas esburacadas, inundadas e mal sinalizadas ruas e avenidas, e com os raivosos bueiros que explodem a qualquer momento pela cidade.

Por: Eliseu