domingo, 16 de outubro de 2011

Liberdade ou libertinagem?

O-Globo-onlineJá disse aqui nesse blog que após mais de duas décadas de ditadura, onde quase nada podia ser dito sem que os “homens” do malfadado DOPS reprimissem com violência, que estão confundindo liberdade com libertinagem. A grande imprensa, leia-se PIG, ou Partido da Imprensa Golpista, publica acusações sem provas contra autoridades, e o acusado é que tem que se defender, numa total inversão de valores. Também pessoas anônimas ou quase, o fazem, e claro com o apoio de “gente grande” por trás.

Um dos tentáculos mais poderosos do PIG, o jornal O Globo, publicou hoje (16), matéria em que um soldado da PM diz que o Ministro Orlando Silva é bandido. O título: “Soldado diz em blog que ministro Orlando Silva é bandido”

Abaixo a íntegra da matéria que também pode ser vista no link http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/10/16/soldado-diz-em-blog-que-ministro-orlando-silva-bandido-925592013.asp

“Um dia após chegar às bancas uma entrevista sua, em que acusa o ministro do Esporte, Orlando Silva, de comandar um esquema criminoso no Ministério, o PM João Dias Ferreira parece não estar disposto a uma trégua. Neste domingo, Ferreira publicou em seu blog uma mensagem em que chama o ministro Orlando Silva de bandido.

A mensagem veio junto com um aviso ao PCdoB e uma carta endereçada ao ministro. Num tom autoritário e sem meias palavras, o soldado sugere ao partido ficar calado antes de sair em defesa de Orlando Silva.

Já a carta ao ministro, endereçada ao "ministro do desesporte", Ferreira diz que Orlando Silva tem o direito de se defender e falar o que quiser e ironicamente pergunta por que o secretário nacional do Ministério, Ricardo Leyser, foi procurá-lo na sexta-feira, quando soube que a matéria sairia na revista, além de insinuar que outras denúncias vão surgir.

Ao final da mensagem, um recado direto ao ministro:

"Eu não sou bandido, bandido é você e sua quadrilha que faz e refaz qualquer processo do ministério de acordo com sua conveniência e você sabe muito bem disso!".

Ministro rebateu primeiras acusações

O ministro do Esporte, que se encontra em Guadalajara, no México, onde assistiu à cerimônia de abertura dos Jogos Panamericanos, Orlando Silva rebateu, neste sábado, as acusações de Ferreira na revista e disse estar "sereno, mas revoltado" com o que classificou de invenções e calúnias.

- Quero repudiar as mentiras que foram publicadas pela revista. Uma pessoa que está sendo processada, um bandido, me acusa e eu tenho que me explicar. Já solicitei ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que seja aberto um inquérito criminal para que isso seja apurado. Só encontrei um dos caluniadores (João Dias Ferreira), uma vez, em uma audiência, a pedido do então ministro Agnelo Queiroz. O outro (Célio Soares), nem sei quem é. E duvido que ele me conheça também - afirmou o ministro.”

Não estou aqui para defender o Ministro ou quem quer que seja, muito menos censura a imprensa e internet, afinal sou um ardoroso crítico da corrupção que assola nosso País, mas já passou da hora de se regulamentar uma lei que imponha mais responsabilidade a quem sai fazendo acusações sem provas.

E vale ressaltar que esse soldado, João Dias Ferreira é ex-militante do Partido do Ministro e o nome do blog não foi mencionado pelo “ético” jornal membro das Organizações Globo. 

Por: Eliseu