sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Ladrões de medicamentos em hospitais são presos em SP

O que esse blogueiro e as torcidas do Flamengo, Fluminense, São Paulo, Vasco e … já sabiam, agora as autoridades “descobriram”. Estão roubando medicamentos dos hospitais públicos. Não é por acaso que quase diariamente vemos e ouvimos - isso quando não sentimos na pele – denúncias sobre falta de medicamentos em hospitais.

Reportagem do SBT Jornalismo diz que a Polícia Civil e o Ministério Público realizaram na quinta-feira, 2, uma operação para prender uma quadrilha suspeita de desviar medicamentos de hospitais públicos e particulares de São Paulo. O grupo também atuava no litoral paulista e no Rio de Janeiro. Entre os hospitais que eram alvos dos bandidos, estão o Hospital Brigadeiro, o Instituto Brasileiro de Combate ao Câncer e o Hospital Samaritano, de acordo com o portal. Mas não é novidade para ninguém que o roubo acontece em todo o País.

Nesta operação, 12 pessoas foram presas. Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, a quadrilha causou um prejuízo de R$ 10 milhões aos cofres públicos.

E esses que foram pegos e com certeza não vão pagar pelo hediondo crime que cometeram – pela legislação brasileira atual o culpado é o doente que não deveria ter adoecido – são apenas lambaris, peixe pequeno. Os tubarões, os que abocanham a maior parte estão circulando livremente em seus carrões importados, com belas e “apaixonadas” mulheres, lá pelas bandas de Brasília, às custas do sofrimento alheio.

Por: Eliseu