quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

PMs de outros Estados articulam greve

Policia contra policiaComo já havia anunciado aqui mesmo nesse blog que a greve dos policiais militares na Bahia era um movimento político e a mando do PSDB, vem agora a confirmação, com notícias de mobilizações em outros estados.

Hoje, 9, a edição online do jornal Correio do Brasil mostra a reportagem em que na surdina, cresceu ontem uma mobilização político-sindical para anúncio de greve das polícias militares de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Alagoas, na esteira da crise na Bahia. O movimento começou na capital paulista, incitado pelo deputado estadual Major Olímpio (PDT). A categoria espera que o Rio de Janeiro seja o condutor do efeito dominó, onde acontece hoje, às 15h, encontro de dirigentes sindicais. Eles querem anunciar greve geral de policiais militares, civis e bombeiros no sábado na capital fluminense. Nesse caso, São Paulo, Mato Grosso e Alagoas vão aderir.

E não é coincidência a proximidade com o carnaval. O movimento está sendo feito propositadamente nessa época, com o intuito deliberado de desestabilizar o governo da Presidenta Dilma, o que poderá gerar graves desdobramentos com enfrentamentos entre forças armadas e polícia militar, justificando aí para os golpistas de plantão (leia-se tucanos e agregados), o ambiente ideal para outro golpe de estado. Esse alerta já foi dado aqui com a postagem “Governo tucano paulista usa “Estado de Exceção”.

Esperemos sinceramente que esse blogueiro esteja enganado, ou que as autoridades federais tomem providências imediatas para parar esses perigosos movimentos que ainda estão na memória de muitos brasileiros.

Por: Eliseu