sábado, 21 de abril de 2012

Os Cansados devem indignar-se com o PiG

Por: Terror do Nordeste

capa1n_vejaStéphane Hessel, no livro Indignai-vos, termina assim: “Não, essa ameaça não despareceu totalmente. Por isso, apelamos sempre para uma verdadeira insurreição pacífica contra os meios de comunicação de massa, que, como horizonte para os nossos jovens, só sabem propor o consumo de massa, o desprezo aos mais fracos e à cultura, a amnésia generalizada e a competição desenfreada de todos contra todos.A todos aqueles e aquelas que construirão o século XXI, dizemos com carinho:CRIAR É RESISTIR.RESISTIR É CRIAR”. Eu acrescento: apelamos para que tenhamos uma mídia democrática e independente.

Interessante citar esse trecho do livro de Hessel porque, em primeiro lugar, no dia de hoje, está ocorrendo em várias cidades brasileiras manifestações cobrando que o Supremo Tribunal Federal, que está mais sujo que pocilga, apresse no julgamento do Mensalão. Como sempre, Os Cansados só cobram punição para petistas.

Concordo que todos devem cobrar do Poder Judiciário a punição dos corruptos. Agora, de todos os partidos, sem exceção. Não interessa se o corrupto é do PT, do PSDB, do DEM, do PMDB, do PP e afins. Não sou da teoria orwelliana que defende que todos os corruptos são iguais. Mas alguns são mais corruptos que os outros”. Para mim, corrupto é corrupto, não tem o mais nem o menos. Sempre digo: desejo punição dura para todos os corruptos, para os corrutos do PT desejo punição com requinte de crueldade.

Interessante citar, também - e aqui é o que interessa -, o trecho do aludido livro porque os militantes do Movimento Cansado, devem também cobrar  pela democratização dos meios de comunicação(o PiG e os cansados chamam de censura).

Com a descoberta que Policarpo Quaresma, Leonardo Atuch, o repórter G da Globo, que até agora a blogosfera não descobriu quem é, Mino Pedrosa supostamente prestam assessoria a bandidos para garantir a lucratividade de seus negócios, é mais que urgente colocar na ordem do dia a democratização dos meios de comunicação.

Um jornalista não pode, a pretexto da defesa da moralidade, aliar-se a empresários bandidos e mafiosos com objetivo de beneficiar seus negócios (dos empresários bandidos), de derrubar governo, de destruir reputações. A acusação vinda de gente da laia de Cachoeira, de Daniel Dantas  não tem nenhum valor. Objetiva-se ameaçar, chantagear servidor público, governos contrários a seus interesses, empresários concorrentes com o fim  único de obter vantagens e destruí-los.

Afirma Eurípedes Alcântara, chefe de Policarpo Quaresma, na defesa que faz da Veja: “A ética do jornalista não pode variar conforme a ética da fonte que está lhe dando informações. Entrevistar o papa não nos faz santos. Ter um corrupto como informante não nos corrompe.”

Claro que pode. Ninguém vai comparar, como visto acima, o depoimento de um pessoa decente com o depoimento de um bandido. Até mesmo o depoimento de um policial, que prendeu um meliante, não é tão isento quanto o de um cidadão comum que presenciou o crime. O depoimento de uma criança não se compara com o de um adulto. De igual modo o testemunho de uma fonte decente não se compara com o de uma fonte indecente, sem ética. Somente o interesse da Veja em defender a causa de  Carlinhos Cachoeira justifica a aliança entre este e àquela.

Alcântara, provavelmente, nunca ouviu falar da teoria da árvore com frutos envenenados.

Segundo essa teoria, que, diga-se de passagem, advém de preceito bíblico, a árvore envenenada no pode dar bons frutos. É o caso de depoimentos advindo de bandidos do naipe de Daniel, Dantas, Naji Nahas, Cachoeira, Fernandinho Beira Mar. Esse tipo de depoimento é totalmente envenenado, só a Veja não percebe assim. Na verdade, a  Veja tenta justificar o injustificável.

Para finalizar, é de bom alvitre que os Cansados, além de cobrar punição para os corruptos, cobrar também a regulação (não censura) dos meios de comunicação.o PIG só pára de ser monopolista, de distorcer o fatos, de mentir, de defender interesses de bandido no dia que o povo, inclusive o Cansados, insurgir-se contra os meios de comunicação. Vamos lá, Cansados, indignai-vos! Cobrem a CPI do PiG, da Veja.