sexta-feira, 15 de junho de 2012

Justiça manda soltar Cachoeira

Mas bicheiro deve seguir preso

Por: Eliseu

cachoeira_ gatos_ratosRecentemente postei aqui matéria em que dizia que os ratos estavam começando a se soltar, em alusão ao caso do “empresário” da bandidagem, o chefe da jogatina ilegal em Goiás, Carlinhos Cachoeira.

Desta vez é o próprio Carlinhos Cachoeira que está prestes a se mandar das “excelentes” instalações da Papuda, o complexo penitenciário de Brasília onde encontra-se hospedado desde fevereiro deste ano.

Seguindo a mesma linha do ministro do STF Gilmar Mendes, o desembargador Fernando Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região entendeu que não há mais motivos para manter o “empresário” preso devido à Operação Monte Carlo que investigou um suposto(?) esquema de corrupção, tráfico de influência e exploração ilegal de jogos no Centro-Oeste.

Mas o bandido de gravata deverá continuar em suas instalações pelo menos mais esse final de semana. É que de acordo com informações da carceragem da Polícia Federal no presídio da Papuda, Cachoeira dificilmente será libertado nesta sexta-feira, já que ainda responde também a processo na Justiça Estadual de Goiás.

Segundo o Ministério Público do Distrito Federal, segue valendo um mandado de prisão resultante da Operação Saint-Michel, que apurou fraudes na área do transporte público no Distrito Federal.

Mas que ninguém se engane, esse rato até que demorou a se desvencilhar da podridão que produziu e está prestes a voltar às ruas para melhor comandar seu esquema de crimes da jogatina, fraudes, corrupção, etc…

Para acabar com esses ratos, a desratização deverá ter uma concentração de veneno muito mais poderoso do que os desenvolvidos no Brasil atualmente. Mas 502 anos sem desenvolver nenhum veneno e com os ratos se multiplicando incontrolavelmente até que é um bom começo.

Agora é a sociedade se juntar e ajudar na eliminação desses terríveis roedores que estão destruindo toda a máquina pública que deveria ser usada em benefício do povo.