sábado, 21 de julho de 2012

Executivo diz que “ninguém é obrigado a ficar na TIM”

No: Diário do Grande ABC

tim“A TIM não é a pior operadora do País e não compreendeu os critérios da Anatel para chegar a essa conclusão”, disse ontem presidente da TIM Fiber, Rogério Takayanagi, que falou em nome da TIM Brasil. Ele classificou como “drástica” a decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de suspender as vendas de novas linhas da empresa em 18 Estados e no Distrito Federal a partir de segunda-feira.

Para o executivo, a competição entre as operadoras força a regulação do mercado. “A TIM, neste momento, é a única operadora que não tem nem fidelização, subsídio ou contrato para a pessoa ficar (na operadora). Então a pessoa só fica na TIM porque ela quer. Ninguém é obrigado a ficar na TIM”, afirmou o executivo.

Segundo ele, a operadora investe R$ 3 bilhões por ano para melhorar a qualidade do serviço, principalmente para segurar o cliente. “O cliente pode ir para outra operadora na hora que ele quiser”. O executivo reconheceu que há falhas na cobertura da TIM e atribuiu os problemas, principalmente, ao crescimento rápido do serviço. “Uma rede de celular em um País que cresce como o Brasil é normal que funcione hoje, mas aí, quando constroem um prédio do lado da sua casa ou um shopping novo, o volume de tráfego é maior. Obviamente, a rede para de funcionar e o nosso trabalho é colocar uma nova antena perto da sua casa”, disse.

A TIM entrou ontem com um mandado de segurança contra a decisão da Anatel para tentar “evitar a suspensão das vendas. Segundo Takayanagi, a “esperança da empresa é obter uma decisão favorável na Justiça antes de segunda-feira. Mas, se não for possível, a TIM respeitará a decisão do órgão. “O mandado de segurança não é uma afronta à agência. É uma tentativa de defender a operação”, disse.

O superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos, disse ontem que o encontro com a diretoria da TIM na quinta-feira foi “tenso”. “Eles acham que não deveriam ser punidos”, afirmou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Pitaco do O Carcará: A TIM pode até não ser a pior operadora, porque na verdade nenhuma delas presta. Usamos porque não temos alternativa. Aqui em casa, num bairro central da Serra, o meu TIM (que é usado exclusivamente para ligações interurbanas), só “pega” se ficar com parte do corpo pelo lado de fora da janela no 2º andar. Por que a TIM não coloca esse raio de antena? Aqui não existe restrições como eles alegam em São Paulo.

E é obrigação de qualquer empresa que vende ou presta serviço, fazê-lo de forma eficiente. Só querem ganhar dinheiro! Será que nos EUA e Europa é assim?

Leia também:

Tucano extermina cães em Sorocaba