domingo, 22 de julho de 2012

Kassab recebe título de pior prefeito das capitais

Por: Eliseu 

KassabMuito apropriado aquele ditado popular que diz que, “a voz do povo é a voz de Deus”. Mais uma vez ficou provado que está certíssimo.

O higienista prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, PSD, ex-DEMo, que é ex-PFL, também dissidência do PDS, ex-ARENA, o partido da ditadura militar, e compadre do tucano José Serra, foi considerado o pior prefeito das seis principais capitais do país pelo insuspeito Datafolha, pesquisa essa encomendada pelos também insuspeitos representantes do PIG, a TV Globo e o jornal ultraconservador Folha de São Paulo. Numa escala de 0 a 10, Kassab obteve a vergonhosa nota de 4,4.

Gilberto Kassab também é o último colocado na avaliação dos seis governos municipais como ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. O levantamento registrou também que um grande número de paulistanos, 20%, certamente burgueses como ele consideram o seu desempenho como ótimo ou bom. Outros 39% consideraram a administração como ruim ou péssima.

O título de pior prefeito cabe como uma luva ao prefeito da cidade que se chover por 5 minutos alaga tudo (e a culpa é de São Pedro e não da falta de investimento em infraestrutura); os congestionamentos urbanos “normais” são da ordem de 160 km; persegue quem trabalha; desapropria terrenos que lhe interessam e joga os moradores na rua como se nada fossem; diz que para ser cidadão e morar em São Paulo tem que ter dinheiro, e outras “coisitas” corruptas mais.

E o mais preocupante é que seu compadre, o tucano José Serra, que todos brasileiros - menos boa parte dos paulistanos - conhecem por suas mentiras e não cumprir o que promete, continua bem colocado nas pesquisas de intenção de voto para prefeito.

Leia também:

Extermínio de animais pela prefeitura de Serra/ES

Tucano extermina cães em Sorocaba