domingo, 8 de julho de 2012

Uma breve analise da entrevista do intelectual ornitorrinco ao roda viva

No: Estrela de Couro

chico-oliveira1

O ornitorrinco é o fracasso de Darwin, onde “varias tendências se cruzaram, se cruzaram e da li não saiu nada”. Segundo Chico Oliveira esse é o bicho que se equipara ao Brasil eu diria que tal comparação é análoga da seguinte declaração: “A politica de miscigenação de raças se provou catastrófica para o Brasil e outros países que a adotaram.” Palavras de Andrew Behring Breivik que estar sendo condenado por dois ataques em Oslo e que causou a morte de 77 pessoas.

Quero com isto apenas chamar atenção e mostra aqui o quanto o professor foi inconstante em sua entrevista já que sua linha de raciocínio na ocasião “anda, anda sem chegar a lugar algum”, apenas explicitando sua incoerência e dubiedade sobre seu próprio raciocínio. Portanto deixo claro que o titulo: o ornitorrinco Chico Oliveira, bichinho pequeninho, feio, horroroso e venenoso não é um ataque pessoal nem depreciativo ao professor, estou apenas parafraseando o mesmo e dizendo o quanto de diversionismo tem a sua linha de raciocínio, que ao nos considera ornitorrincos, concorda com o que ar de mais atrasado do pensamento de um louco ultradireitista.

Foi de Mario Sergio Conti que veio a primeira pergunta na participação do professor no programa roda viva, e claro o tema foi o encontro de Lula com Maluf, ao qual o professor respondeu com: é o fracasso da politica e o fracasso do PT.

Essa é uma das suas profecias catastróficas preferidas principalmente o fim de LULA que alias vem sendo feito por ele desde 2005 quando em uma entrevista já dizia; “Lula acabou e FHC é grande vitorioso” e mais “Oliveira considerava a época plausível o desaparecimento político de Lula e que o PT poderia virar uma confederação de gangues.” Para nossa alegria ele como vidente é um péssimo sociólogo ou vice e versa como o queira, o fato é que os ataques do professor não são de hoje, como não é de hoje sua esdrúxula participação nos partido por onde passa, já que numa outra pergunta de Mario Sergio Conti sobre se o PSOL, partido do qual ele Chico, faz parte no momento é a alternativa, ele dispara “não, não é” demostrando sua total incoerência com os projetos dos partidos aos quais ele se filia.

Parece-me que o único projeto que ele abraçou e dos quais sempre fez parte foi o do cebrap de FHC financiado pela CIA via Fundação Ford ou seja dinheiro do USA, país do qual mais adiante ele vai se referir como genocidas, que dizimaram civilizações evoluidíssimas e que não servem de exemplo para nada.

E depois Lula é que não tem caráter!

Lula é colocado pelo professor afrente da terceira força e mais notável segundo ele, na conjunção de criação do PT os sindicalistas chamados de autênticos, mais depois para minha incredulidade ele vai dizer que Lula não comandou nada no ABC é pura lenda, e num segundo momento diz que Lula é uma personalidade que a imprensa ainda não o descobriu totalmente, ao que Ricardo Noblat interrompe e diz que seria interessante que ele falace sobre este lula que a imprensa desconhece, ai ele diz que não o conhece mais do que a própria imprensa dando um nó nas suas próprias ideias sobre LULA.

O redator chefe da revista época João Gabriel de Lima faz sua primeira intervenção para perguntar sobre o assunto preferido do PIG o mensalão levando em conta que o professor esta falando de ética ao que Chico dentre outras respostas, arremete a imprensa a responsabilidade de fazer uma bela duma discursão sobre o caso, e mais. Diante da colocação da existência ou não do mensalão ele responde que a única fonte de informação que ele tem sobre o dito mensalão é o que a imprensa publicou e baseado nessa única fonte está convicto de que ele existiu demostrando assim o tamanho de sua parcialidade.

Compara os autos índices de aprovação de Lula aos mesmos índices que titio Adolf segundo ele obteve. Depois diz que Lula é uma vocação de caudilho e explica que tanto em espanhol como em português, caudilho tem como significado, chefe, general e que depois de Franco na Espanha caudilho ganhou uma conotação sinistra, e complementa que caudilho é a ante sala de um ditador; mais num segundo momento afirma que esta longe de dizer que Lula se parece com titio Adolf .

É dessa maneira irresponsável e para usar um termo recorrente na CPMI, “fazendo ilações,” é que Chico Oliveira fala de uma pessoa como Lula, que veio de movimentos sindicais perdeu três eleições presidenciais e numa quarta tentativa é eleito, e que estrategicamente um ano antes de sua reeleição começa a sofre uma tentativa de golpe midiático, mídia esta que o professor hoje a coloca como sendo a única fonte que ele dispõe como base de suas convicções.

Felizmente professor não é possível, qualquer tentativa sua ou de quem quer que seja de comparar Lula a um ditador os fatos não permitem e vão de encontro ao que eu já disse em outra oportunidade “o campo de batalha de Lula diferentemente de outros é o palco da disputa democrática.”

E por falar em ditador vem de Mario Sergio Conti a clássica pergunta do PIG sobre a comparação de Lula com Vargas ao que o professor responde que nem apelando para são Luiz Gonzaga da pra fazer tal comparação pois afirma que Getúlio e infinitamente melhor do Lula. Sobre este assunto gostaria apenas de dizer que já trateie do tema aqui (Lula entrou pela porta da democracia) em resposta a mesma comparação feita pelo jornalista Augusto Nunes da revista veja, revista esta que o professor sente falta da presença dela na bancada do roda viva para completar o grupo “em parte” farisaico.

E pra finalizar, quando perguntado se teria ímpeto de vingança sobre as pessoas que o torturaram ele prontamente com ar de quem não guarda rancores diz que não. Hora se tal nobre sentimento norteia sua vida, caro professor, o que dizer dessa entrevista onde todas as suas declarações com relação ao presidente LULA beira a leviandade, carregadas de descontrole emocional, demostrado diante de tantas colocações contraditórias.

Arrepia-me a ideia de ter alguém com tamanha improbidade à frente de uma sala de aula numa das maiores universidade do país num curso de sociologia. Porem quero crer, que o professor tenha suas qualidades, não serei tão leviano a ponto de omitir essa parte tendo em vista sua posição; mais gostaria apenas de lembra-lo que coerência combina com responsabilidade e como o senhor mesmo diz “não se deve esperar milagres da politica já que a mesma é feita por homens e mulheres que cometem equívocos e erros” mas certamente devemos espera pelo menos que não agem simplesmente em beneficio do discurso do moralismo pequeno burguês do PIG a que o senhor se submeteu a proclamar.

Aqui esta o espetáculo de contradições

Para ouvir, não esqueça de DESLIGAR a rádio clicando stop.