quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Dilma bate novo recorde de aprovação

No: Rede Brasil Atual 

dilmaA aprovação ao governo de Dilma Rousseff bateu outro recorde. Agora 62% dos brasileiros avaliam positivamente a gestão da presidenta, segundo levantamento feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em parceria com o Ibope divulgada hoje (26). O índice é três pontos percentuais maior que o registrado na pesquisa de junho deste ano e superior ao dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso no mesmo período no segundo ano das respectivas gestões.

Os pesquisadores acreditam que a razão para o crescimento da avaliação positiva ao governo sejam os estímulos dados pelo poder executivo à  economia. Notícias relacionadas ao assunto foram as mais lembradas por 18% dos entrevistados. “Praticamente é o que deve estar sustentando a boa avaliação do governo”, afirmou o gerente-executivo de pesquisas da CNI, Renato Fonseca, segundo a agência Reuters.

O julgamento do chamado mensalão é citado como a notícia mais lembrada por 16% das pessoas. “Aparentemente, dado ao fato que a população está informada, a população não está colocando a conta do mensalão no governo da presidente Dilma”, argumenta Fonseca.

Entre os oito setores de atuação do governo pesquisados apenas “meio ambiente” apresentou recuo na aprovação. Na última pesquisa 55% aprovavam a atuação do governo nessa área. Agora, a avaliação positiva caiu para 54% enquanto a negativa subiu de 37% para 40%. O combate à fome chega a ter avaliação positiva de 60% dos entrevistados, seguida pelas políticas combate ao desemprego, aprovadas por 57%. Curiosamente, a política de redução de juros viu aumentar a reprovação, de 41% para 43%, justamente no momento em que a taxa básica fixada pelo Banco Central atingiu o nível mais baixo da história. A aprovação a este item se manteve em 49%.

Outros 16% disseram que as notícias sobre o julgamento do chamados mensalão eram as mais vivas em suas memórias. Isso, no entanto, não abalou a imagem de Dilma. A avaliação pessoal dela e o nível de confiança da presidenta também são maiores dos que os registrados por FHC e Lula: 77% das 2.002 pessoas entrevistadas em 143 municípios avaliam positivamente Dilma e 73% dizem confiar nela.

A expectativa para os próximos dois anos de mandato de Dilma são ótimas ou boas para 62% entrevistados do Ibope. 24% apostam em uma continuidade “regular” do governo e 7% apostam que a sequência será “ruim" ou "péssima”. A confiança é maior na faixa de 30 a 39 anos, com 65% de perspectiva “ótima” ou “boa”, e, por outro lado, cai à medida em que avança o grau de instrução, de 66% entre os que cursaram até a quarta série do ensino fundamental para 58% entre quem tem nível superior.