quarta-feira, 5 de setembro de 2012

José Serra continua em queda livre

Na disputa eleitoral em SP, Russomanno lidera com 35% e petista continua se aproximando de tucano; já a atual gestão bate recorde de avaliação negativa

No: Rede Brasil Atual 

quedalivreNova pesquisa Datafolha publicada hoje (5) mostra a consolidação da tendência de crescimento de Fernando Haddad (PT) e de queda de José Serra (PSDB) na briga pelo segundo lugar da corrida eleitoral em São Paulo. Na liderança continua Celso Russomanno (PRB), agora com 35% das intenções de voto – na pesquisa anterior, feita semana passada, ele tinha 31%.

Na briga entre Serra e Haddad, os números dizem que o tucano caiu de 22% para 21% e o petista subiu de 14% para 16%. Como a margem de erro é de 3 pontos percentuais, os dois estariam em empate técnico. Pesquisa interna do PT e do PSDB, segundo os jornais, já teriam indicado uma inversão nessas posições. O levantamento do Datafolha foi feito entre segunda e terça-feira (3 e 4) com 1.078 eleitores.

Ainda segundo o instituto, Gabriel Chalita (PMDB) tem 7% , seguido por Soninha Francine (PPS), com 5%.

Em eventual segundo turno, a pesquisa diz que Russomanno venceria hoje, tanto Serra quanto Haddad – o primeiro por 58% a 30% e o segundo por 56% a 30%. Numa disputa entre o petista e o tucano, Haddad sairia vitorioso com 46% a 37%.

José Serra continua sendo o campeão da rejeição. Segundo a pesquisa, 42% dos paulistanos não votariam nele de jeito nenhum.

Kassab

O Datafolha também mostrou aumento na desaprovação ao governo do prefeito Gilberto Kassab (PSD), cria e aliado de Serra. O total de eleitores que consideram a administração ruim ou péssima saltou de 36% para 48%.

O índice representa recorde negativo de toda a gestão Kassab. A avaliação positiva (ótimo e bom) caiu de 24% para 20%.

Veja também:

Prefeito Sérgio Vidigal é o pior do país na saúde