sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Kassab quer “ferrar” Serra, diz Soninha no Twitter

Candidata do PPS, aliada política do tucano, diz que prefeito trabalha contra seu candidato oficial à sucessão.

Por: João Paulo Soares, no Rede Brasil Atual 

soninha_francineA candidata do PPS à prefeitura de São Paulo, Soninha Francine, postou no final da manhã hoje (14) em sua conta no Twitter uma série de ataques à administração Gilberto Kassab (PSD). O prefeito é aliado do candidato José Serra (PSDB), que por sua vez tem relações políticas com a própria Soninha.

Depois de criticar a gestão atual em áreas como saúde, transporte e subprefeituras, a candidata concluiu que Kassab, na verdade, estaria trabalhando contra Serra, com o objetivo de “ferrar” o tucano nas eleições e provocar um segundo turno entre Celso Russomanno (PRB) e Fernando Haddad (PT).

“E tem outra coisa q eu acredito faz tempo: o Kassab quer ferrar o Serra. Certeza. Não vê a hora de "pagar a dívida" e ficar SÓ c Dilma e PT”, diz Soninha em um dos posts.

A “dívida” a que ela se refere seria o fato de Serra ter alavancado a carreira política de Kassab ao colá-lo como vice na chapa que disputou a prefeitura em 2004. Quando o tucano abandonou o posto para candidatar-se ao governo do Estado, em 2006, Kassab assumiu e acabou se reelegendo dois anos depois.

Num dos comentários, a candidata reclama dos médicos que chegam tarde para prestar atendimento nas AMAs (unidades de assistência médica ambulatorial): “P., como é q o médico chega às onze?? E qdo simplesmente não vai? Ou atende mal pra cac? "Ah, eu ganho mal". Então pede pra sair, c.!!”.

Em outro, diz que “o diacho do Fura-Fila” (Expresso Tiradentes) ficou parado com Kassab: “Em um ano o Serra terminou o diacho do "Fura Fila" até o Sacomã e começou a extensão até C.Tiradentes. O Kassab em 6 não avançou foi nada!!”

Apesar de o tempo todo defender explicitamente a candidatura José Serra, ao final da série de tuítes ela se apresenta como “salvação” para os eleitores.

“Por isso, amigos d fé, meus irmãos, camaradas, eleitores inconformados c essa paiaçada toda: contra o líder Russomano, a salvação sou eu \o/”.