domingo, 16 de setembro de 2012

Lula critica Serra por ter abandonado SP depois da “primeira chuva de verão”

Em seus primeiros comícios ao lado de Fernando Haddad (PT), ex-presidente faz chamado à militância petista para levar candidato ao segundo turno

No: Rede Brasil Atual 

comicio_lula_haddad_ptEm sua primeira participação em comícios ao lado de Fernando Haddad, candidato do PT à prefeitura de São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, criticou ontem (15) a “agressividade” de José Serra (PSDB) na campanha e disse que ele abandonou a cidade depois da “primeira chuva de verão”. Serra elegeu-se prefeito em 2004, assumiu em 2005 e deixou o posto em 2006, para concorrer ao governo do estado.

“Nós temos um cidadão que é candidato e que já foi prefeito. Na primeira chuva de verão, ele correu, não esperou a segunda”, disse o ex-presidente. “Ele anda muito agressivo. Ele tem quase a minha idade e a gente, depois dos 60, tem que ser mais calmo. Então, Fernando (Haddad), você não tem que se preocupar com a agressividade dele (...)  Os médicos dele é que precisam se preocupar porque nessa idade é mais fácil ter infarto”, afirmou Lula num dos comícios, no Capão Redondo, zona sul da cidade.

Mais tarde, na Cidade Dutra, também zona sul, completou. “Se ele quer arrumar emprego, arruma em outro lugar. Ser prefeito é missão, não é emprego. Prefeito não tem que ter medo das enchentes. Tem que ir lá e viver a enchente com o povo”.

Segundo as pesquisas de intenção de voto, Haddad está tecnicamente empatado em segundo lugar com José Serra (PSDB), na casa dos 18%.Celso Russomanno lidera a corrida eleitoral com 35%. As mesmas pesquisas indicam que 1/3 do eleitorado tradicionalmente petista – sobretudo na periferia da cidade – ainda não sabe que Haddad é apoiado por Lula, motivo pelo qual o ex-presidente começou a intensificar sua presença nas ruas.

Lula destacou ainda a gestão de Haddad à frente do Ministério da Educação (no seu governo e no início do governo Dilma), citando programas como Fies (financiamento estudantil), Reuni e ProUni. “Você vai votar em alguém que tem compromisso moral, ético e profissional”, disse ele, aproveitando para fazer um chamado à militância. “Tem que bater palma na casa do vizinho. Já aproveita e toma uma cervejinha. Vamos visitar cada igreja, cada porta de fábrica”.

Segundo Lula, o PT é o único partido que coragem de fazer um comício em praça pública. “O PT não tem nenhum problema com o povo. Esta relação de confiança é que vai permitir que o Haddad faça um governo ouvindo as pessoas”.