segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Lula é associado à Dom Corleone por Serra

E se o ex-presidente é “il padrino”, o PT seria, portanto, uma máfia, na visão do candidato tucano à prefeitura de São Paulo, que tem feito campanha negativa, sem que isso se traduza em votos

No: Brasil 247 

lula_serra_dom_corleoneEm seu último comício de campanha, na Vila Matilde, zona leste de São Paulo, José Serra comparou o ex-presidente Lula a Dom Corleone, o Poderoso Chefão da máfia nova-iorquina, vivido no cinema por Marlon Brando. “Aqui não tem ninguém apadrinhado. Não tem padrinho. O último filme que vi com esse título é dos anos 70, ‘Poderoso Chefão’, que mandava, fazia isso e aquilo etc”, disse ele.

Serra fez também outra referência à máfia americana, sem citar a administração de Marta Suplicy, que o antecedeu no cargo, para o qual foi eleito em 2004. “Eu me lembro que, quando entrei, era um comércio. Até disse, quando assumi, que a cidade parecia Chicago da década de 30, daqueles filmes de televisão daquela época.”

Serra tem se destacado pela campanha negativa, associando seu rival Fernando Haddad ao mensalão, mas isso ainda não se traduziu em votos – ao contrário, desde o primeiro Datafolha, ele só caiu. A mesma estratégia, no entanto, foi usada por partidários do tucano. Vice de Serra, Alexandre Schneider disse que os aliados estavam no palanque e não “escondidos em suas casas”.