sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Pausa!

Por: Eliseu 

pausaApesar de evitar usar o blog para tratar de assuntos pessoais, alguns simplesmente são impossíveis de ser ignorados. Desde o fatídico dia que perdi minha esposa de forma abrupta, vítima de uma doença cruel que usou das mais sutis artimanhas para conseguir enganar renomados médicos; sintomas que não condiziam com a gravidade e evolução da doença; exames com equipamentos de última geração insistiam em mostrar resultados negativos (falso negativos), e só dando as caras (a doença) quando já não havia mais nada a fazer. Aí sim, mostrou como é poderosa e como somos pequenos, impotentes. Apesar do aparato médico e de equipamentos, levou-a em poucas horas.

De lá para cá parece que O Carcará (Eliseu, editor deste blog) foi literalmente abatido e não conseguiu mais fazer suas revoadas e dar suas tradicionais bicadas (escrever suas opiniões), estando usando o recurso de utilizar artigos de terceiros, evidentemente os que de alguma forma representam minha opinião e dando os créditos ao autor, como aliás sempre fiz.

ludzmarO falecimento da Ludzmar, que  para quem não sabe era minha esposa, ocorreu no dia 19 de dezembro passado, e em 22 do mesmo mês, com uma dor indescritível, pensei que era forte o suficiente para recomeçar minhas postagens e publiquei aqui “Recomeço!”. Ledo engano! Este blogueiro não é tão forte assim e não conseguiu. A asa do O Carcará estava quebrada não havia indícios de cicatrização.

Agora, com a “asa” ainda doendo, o que prejudica os “voos”, o O Carcará resolveu aproveitar os feriados de carnaval e pretende sair da “Cidade Grande” mais uma vez e ir para o interior do Estado. Vai dar uma volta pelas suas raízes e tentar encontrar forças e inspiração para continuar. Afinal, continua vivo e esse blog é agora sua única paixão, além dos filhos, da netinha e um casal de crianças que considero como se netos meus fossem. É um ideal de vida. Com ele posso denunciar e alertar os leitores sobre os maus políticos, os funcionários públicos que pensam ser uma casta superior (felizmente não são todos) e maltratam o cidadão, etc.

Portanto darei uma pausa, pequena pausa! Certamente estarei de volta antes do término do carnaval (não sou deputado nem senador) e desta vez pretendo voltar senão melhor, pelo menos igual antes. Continuarei dando ênfase a política nacional, bicando sem dó nem piedade os tucanos e o PIG, mas também estou vendo a necessidade de mostrar as mazelas de meu Estado, o rico Espírito Santo e a não menos rica cidade de Serra, na qual resido e que na administração de Sérgio Vidigal estava jogada “às moscas”, e passado mais de um mês na administração de Audifax, que é cria de Vidigal e se voltou contra seu criador, continua na mesma.

Vou gastar um pouco de gasolina, por a câmera fotográfica para funcionar e mostrar o descaso da administração pública numa das mais ricas e belas cidades do Estado, senão do País. A desculpa é a tradicional. “A cidade estava quebrada”. Uma boa auditoria e alguns anos de cana brava pra esses ladrões resolveria o problema rapidinho. Quem sabe um dia o Brasil muda? Ou melhor, os brasileiros procurem se informar melhor e mudem o Brasil?

Aguardem o O Carcará após o carnaval.