quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Saúde na Serra/ES. O caos continua

Para Audifax (PSB), saúde é segundo, terceiro ou quarto plano. Talvez nenhum plano

Por: Eliseu 

ScanDia 21 deste mês fiz uma postagem sobre o caos que vive a saúde – para não dizer todos os setores da Serra/ES – que deveria ser administrada pelo prefeito eleito Audifax Barcelos (PSB) e que até o momento não mostrou a que veio. A publicação se referia ao desperdício de água na Unidade Regional de Saúde de Novo Horizonte. Ontem estive lá e fui conferir, e a situação continuava a mesma. Parece que houve um aperto na “bendita” torneira pois vazava menos, o que foi alvo de uma postagem na minha página pessoal do Facebook de hoje.

Pois bem, hoje retornei para pegar um medicamento que me foi prescrito e cadê o mesmo? O gato comeu. Ou alguém roubou. Desvio para mim significa roubo. Para não ser chamado novamente de mentiroso como fui hoje pela gerente da Unidade de Saúde - ela “jurou de pé junto” - que a torneira está funcionando perfeitamente mesmo eu tendo me disposto a mostá-la, segue a receita com o “acabou hoje”, que também é uma deslavada mentira da atendente uma vez que ontem ainda de manhã ela havia me dito que “ainda temos 20 comprimidos”. Não peguei porque não estava de posse da receita, mas já sabia que seria prescrito. A mentira é cristalina, será que em toda parte da tarde nenhum paciente teve esse medicamento (ansiolítico, que o brasileiro anda “comendo” para suportar um pouco mais os problemas do dia a dia) prescrito em uma das maiores unidades de saúde do município. E eu cheguei na farmácia da unidade e a mesma ainda estava fechada e nenhuma das quatro pessoas que estavam à minha frente pegou tal medicamento. Estranho, no mínimo!

E enquanto era chamado de mentiroso pela gerente da Unidade, que obviamente não usa crachá de identificação, como quase todos os funcionários que pensam ser semideuses, pude observar que várias pessoas saiam sem conseguir os mais diversos medicamentos, principalmente para hipertensão e diabetes. E a gerente me disse que vai fazer o pedido no sábado, dia 28. “Só não posso garantir que venham”, disse. Incompetência pouca é bobagem.

Para Audifax (PSB), saúde é segundo, terceiro ou quarto plano. Talvez nenhum plano! “Quem Não sabe escolher seus subordinados não merece o comando”. É o que penso.

Finalmente, para não dizerem que é implicância desse bloqueiro com Audifax (PSB), está ai o link de uma das várias postagens que fiz sobre o mesmo tema. Só que quem comandava o circo era Sérgio Vidigal (PDT), suposto inimigo político de Audifax. Basta clicar em qualquer local deste parágrafo, que abrirá o post intitulado “No ES caos na saúde não tem fim”, de 23/6/2012.