quinta-feira, 7 de abril de 2016

A “ciosa” mídia esqueceu o policial que denunciou Aécio e apareceu morto?

E continuando no monopólio, temos a mídia. A velha “grande mídia”, também conhecida nos bastidores dos blogueiros por PIG (basta clicar no “PIG” que verá a descrição), que infelizmente no Brasil 705 é comandada por 6 famílias.

Por: Eliseu 

lucas_policialNum país onde impera o monopólio nos mais importantes setores, fica difícil o cidadão ter consciência e exigir seus diretos. No caso da internet, temos uma das mais caras e de pior qualidade do mundo. Velocidade abaixo do contratado, instabilidade, etc. Só porque disse, fiquei sem conexão agora! E não tem para onde correr. Uso “obrigado” a Oi, que é a única a atender meu condomínio composto por 496 apartamentos de “não miseráveis”. Desde a chegada da GVT que agora passa a ser Vivo que estamos solicitando, e nem respondem. No caso da Oi, faz sei meses que estou com sérios problemas na conexão e a Anatel nada faz. Procurei o Procon, e passados 34 dias a Oi sequer respondeu ao órgão. Agora irá para a justiça.

E continuando no monopólio, temos a mídia. A velha “grande mídia”, também conhecida nos bastidores dos blogueiros por PIG (basta clicar no “PIG” que verá a descrição), que infelizmente no Brasil 70% é comandada por 6 famílias.

oiNa “grande mídia”, TODAS, sem exceção, são tendenciosas, malignas! A Globo foi a principal patrocinadora do golpe de 1964 e agora está na “linha de frente” tentando novo golpe. A Record, Band e SBT seguem a mesma linha. Nos “jornalões”, temos a imbatível Folha de São Paulo, de ultra direita que chegou a emprestar carros ao malfadado DOPS para prisão de opositores do regime de 1964. Veja, um verdadeiro lixo jornalístico. E por aí vai.

Para informação sem parcialidade sobram algumas revistas que nem se encontra com facilidade nas bancas de jornais, como CartaCapital, Fórum, alguns jornais online como Rede Brasil Atual, Vermelho, Brasil 247, Correio do Brasil dentre outros, e alguns blogs conservadores, nada mais.

Mas o que está me apoquentando e acabou me fazendo dissertar sobre o assunto é o porque um caso que na minha opinião é de extrema importância, foi “esquecido” pela velha, “ciosa” e “grande mídia brasileira”. O policial civil mineiro encontrado morto em condições não esclarecidas após fazer graves denúncias contra a cúpula do tucanato do Estado, como Antonio Anastasia e o nosso conhecido perdedor playboy senador Aécio Neves.

Após as denúncias que o policial Lucas Gomes Arcanjo fez aos caciques tucanos em Minas Gerais, foi encontrado morto dia 26 de março com uma gravata enrolada ao pescoço. A família descarta suicídio uma vez que o mesmo estava debilitado devido à problemas de saúde que surgiram após as denúncias e vários atentados que sofrera. O vídeo que o policial denuncia Aécio continua indisponível, mas poderá ser visto clicando aqui.