sábado, 10 de dezembro de 2016

Movimento em defesa do Estado de direito e de Lula lança financiamento coletivo

Recursos obtidos serão utilizados para ações informativas e de mobilização para conscientizar sobre ameaças a direitos e garantias

No: Rede Brasil Atual

lulaO movimento Por um Brasil Justo Para Todos e Para Lula lançou hoje (7) campanha de financiamento coletivo para apoiar a luta em defesa do Estado democrático de direito. Criado no dia 10 de novembro em São Paulo, o movimento é um esforço de resistência à onda de retrocessos protagonizada pelo governo de Michel Temer (PMDB), com ataques a garantias individuais e perseguição aos movimentos sociais, e faz parte de esforço internacional de defesa da democracia, do Estado de direito e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vítima de perseguição política e de ações arbitrárias de setores do Judiciário.

O manifesto em favor da garantia da ampla defesa, da presunção de inocência, da liberdade de expressão e da não violação das conquistas e dos direitos sociais foi apoiado por mais de 17 mil pessoas, assinantes do documento.

Para colaborar com a campanha , clique aqui.

No vídeo de apresentação, o ex-ministro Gilberto Carvalho chama a iniciativa de "vaquinha digital" e explica que os recursos obtidos serão utilizados para ações informativas, além da realização de atos e manifestações, no Brasil e no mundo, além da formação de comitês e grupos de apoio para conscientização sobre os riscos à democracia do país. “Nós sabemos que a perseguição a Lula e aos militantes sociais é, no fundo, uma perseguição ao nosso projeto. É uma perseguição aos pobres e aos direitos sociais, que eles querem tirar. Para que a gente possa chegar a cada brasileiro, através de atos públicos e a produção de materiais que facilitem a interpretação dos fatos, precisamos da sua ajuda”, diz o ex-ministro.