segunda-feira, 6 de março de 2017

Audifax, hipocrisia pouca é bobagem!

Por: Eliseu

17155821_1545719895439254_6921753374037029979_nA febre amarela está “atacando” com força no Espírito Santo e outros estados brasileiros, já com diversas mortes registradas. E nossos políticos não perdem nunca a oportunidade de aparecerem na mídia às custas da desgraça alheia. Vou focar no prefeito da cidade que resido, porque o conheço bem, e sei a realidade que vivemos aqui. Mas vale para boa parte dos políticos sem caráter que pululam por esse Brasil, que o dito popular diz ser terra abençoada e “achada” por Pedro Álvares Cabral.

Desde que começou as denúncias de macacos aparecendo mortos, as autoridades (?) vem dizendo que a doença está sob controle. Deve ser que está sob controle para eles próprios, seus familiares e sequazes, normalmente indicados a cargos públicos que tem acesso fácil, por meios duvidosos, às vacinas que são de TODA população.

Virou moda, principalmente aqui na nossa bela e mal administrada cidade de Serra, os “mutirões” de vacinação contra o raio da febre amarela que dão grande visualização na mídia, às custas de quilométricas filas, com “torturas” para a população, incluindo crianças e idosos, sob o escaldante sol dos trópicos, de fazer inveja aos métodos utilizados pelos malfadados DOI/Codi e DOPS.

Audifax deve delirar de alegria ao ver isso. Nosso péssimo prefeito “estufa o peito” para dizer que as unidades de saúde estão com disponibilidade para vacinas.

Mentira deslavada! Existe sim vacinação em alguns postos mas em horários reduzidos, e não em todos os dias.  E os “infelizes” que conseguiram chegar aos 60, como esse blogueiro, não podem se vacinar devido à falta do laudo médico. E médico para fornecer o laudo nas unidades já é utopia.

Continuo batendo na tecla que a população deve acordar do sono esplendido!