segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Assange escreverá livro por R$ 2,5 milhões

 Por: Eliseu
O criador do WikiLeaks, Julian Assange, declarou em uma entrevista publicada neste domingo pelo jornal britânico Sunday Times já ter assinado acordos no valor de mais de um milhão de libras esterlinas (cerca de R$ 2,5 milhões) para escrever sua autobiografia.
Assange disse que este dinheiro irá ajudá-lo a se defender das acusações de supostos crimes sexuais que responde na Suécia.
"Não queria escrever este livro, mas tenho de fazê-lo", disse. "Já gastei umas 200.000 libras com despesas legais e tenho que me defender, além de manter o WikiLeaks funcionando."
Embora no ar há alguns anos, o Wikikeaks ganhou destaque internacional neste ano, ao levar a público 77 mil documentos da inteligência americana sobre o Iraque e, nas últimas semanas, mais de 250 mil telegramas secretos do Departamento de Estado dos EUA com os bastidores da diplomacia americana.
Assange está atualmente em liberdade sob fiança no interior da Inglaterra, enquanto tenta evitar uma extradição para a Suécia.
No Brasil, o livro deverá ser publicado pela editora Cia. das Letras. O lançamento será simultâneo em todo o mundo, mas ainda não há data definida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.