segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Petição reúne 600.000 assinaturas a favor do WikiLeaks

Uma petição on-line com um apelo a um fim à "campanha de intimidação" contra WikiLeaks reuniu nesta segunda-feira cerca de 600.000 assinaturas, na véspera do comparecimento, em um tribunal, de Londres, do fundador do site, Julian Assange.
A solicitação é dirigida "aos Estados Unidos e a outros governos e sociedades envolvidas na repressão do WikiLeaks".
O apelo está sendo divulgado no site americano Avaaz.org, especializado nas petições on-line e nas campanhas de lobbying.
"Nós os exortamos a respeitar os princípios democráticos e as leis sobre a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa. Se WikiLeaks e os jornalistas com os quais o site trabalha enfrentarem uma lei qualquer, deverão ser processados judicialmente. Não deverão ser sujeitos à campanha de intimidação extrajudicial", acrescenta o texto da petição.
Na tarde desta segunda-feira, o texto reuniu um pouco mais de 590.000 assinaturas, segundo o site Avaaz.
Julian Assange, fundador do WikiLeaks, preso desde 7 de dezembro em Londres por presumíveis agressões sexuais na Suécia, comparecerá pessoalmente nesta terça-feira ante um tribunal de Londres.
A corte deverá se pronunciar sobre uma eventual libertação de Assange, enquanto aguarda uma decisão sobre sua extradição para a Suécia.
Julian Assange, 39 anos, será defendido por uma equipe de advogados famosos, em particular por Geoffrey Robertson, conhecido por sua atuação nos tribunais em prol dos direitos humanos e que defendeu, principalmente, Salman Rushdie, o escritor alvo de uma ′fatwa` - um decreto religioso das autoridades iranianas, por blasfêmia.
Partidários do australiano, assim como militantes dos direitos humanos, fizeram apelo à manifestação de apoio, no momento da audiência.
Nesta segunda-feira, algumas pessoas participaram de um protesto diante da embaixada da Suécia em Londres, em resposta ao apelo do grupo "Justice for Assange Campaign". Usavam máscaras com a efígie de Julian Assange, amordaçados com uma bandeira americana.

Do: Pernanbuco.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.