quinta-feira, 23 de junho de 2011

Vice de Serra perde carteira em blitz da Lei Seca na Zona Sul do Rio

O ex-deputado Índio da Costa perdeu a carteira de motorista numa blitz realizada na noite passada, no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro. Índio foi o candidato a vice-presidente na chapa derrotada de José Serra (PSDB) nas eleições do ano passado. No início do ano, trocou o DEM, o partido pelo qual foi candidato a vice, pelo PSD, o partido em fase de estruturação pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Índio da Costa foi parado às 23h de ontem na blitz, e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Em seu perfil no Twitter, ele disse que tomara um copo de vinho no almoço.

“Não sei a duração do efeito para o bafômetro. Preferi não soprar”, argumentou.

Por conta disso, sua carteira de motorista foi apreendida e Índio da Costa foi liberado depois que um amigo apareceu para dirigir seu carro. Apesar da situação, Índio elogiou no Twitter a Operação Lei Seca feita pela polícia que culminou na apreensão da sua habilitação.

“Minha carteira ficará no Detran por 5 dias. A Lei Seca tem salvado muitas vidas. Parabenizo a competência e seriedade com que o governo do Estado do RJ tem feito as operações da Lei Seca”, escreveu Índio da Costa no Twitter.

Por: Correio do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.