domingo, 26 de fevereiro de 2012

Lula matou dona da Daslu, diz Boris Casoy

Muitas barbaridades e sandices já foram proferidas por Boris Casoy em seus longos anos na televisão brasileira. Entretanto, nessa sexta-feira (24) passou de todos os limites. O ancora do Jornal da Band  acusou o governo Lula de ter contribuído para o câncer e morte da dona da Daslu, a contrabandista Eliana Tranchesi.

A empresária traficante e sonegadora de impostos morreu na madrugada desta sexta-feira (24), em São Paulo. Faleceu em função de complicações causadas por um câncer no pulmão. Em 2009, Eliana foi condenada a 94 anos e seis meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, fraude em importações e falsificação de documentos. Logo depois, como era rica (condição indispensável à justiça brasileira), ela obteve o habeas corpus e foi solta, conforme informações do Vermelho.
Inacreditável, mas na edição desta sexta-feira, o apresentador da Band, depois de relatar a prisão da empresária por contrabando, executada pela Polícia Federal, fez a seguinte acusação: “Eliana foi exposta à execração pública e humilhada, o que deve ter contribuído e muito para o câncer que a matou”. Tadinha!
De tão ridículas as frases pronunciadas pelo apresentador, que a cena não poderia terminar de outra forma. Casoy deu um tremendo espirro e se justificou: “É humano”. Será que nesse caso, proferir calúnias absurdas numa TV que é concessão pública é apenas um erro humano, ou precisa de uma regulamentação da comunicação para ser enquadrado como crime?

E pelo jeito Boris Casoy defende que os criminosos ricos não sejam punidos, pois poderão desenvolver câncer.

Por: Eliseu

3 comentários:

  1. Boris Casoy de tão ridículo e sem audiência vai acabar comandando programa infantil na madrugada.

    ResponderExcluir
  2. Ridículo é você seu anencéfalo! Que jamais vai conseguir enxergar além de sua visão minimalista que todo comunista e esquerdista, retardado e bandido tem sobre a vida. Teria pena, se não tivesse ódio de seres como você!
    Se caso Borys estivesse defendendo Fernandinho Beira mar, ou marcola, ou até mesmo bandidos como José Genuíno ou José Dirceu, talvez você estivesse aplaudindo e até reafirmando as palavras dele. Mas como no Brasil existe a cultura do vitimismo, que acaba usando os pobres miseráveis, financeira e moralmente como é o caso de seres como você. Por isso para vocês é bem cômodo demonizar uma mulher que foi SIM execrada pela policia federal e pela imprensa comprada, simplesmente para desviar o foco dos quadrilheiros que assaltaram o poder neste país e principalmente do chefe da quadrilha o assassino Luiz Inácio Lula da Silva. Que não somente contribuiu e muito para o agravamento do estado de saúde de Eliana Tranchesi como para muito outras mortes neste país. Inclusive dentro do próprio partido(quadrilha). Vocês esquerdistas e comunistas vagabundos são tão moralmente desprezíveis que defendem os verdadeiros bandidos que tiram a vida de pais de família, e estupram nossas filhas e mulheres! É...talvez o crime dela tenha realmente sido maior que o de marcola ou Fernandinho beira mar...Não é mesmo!? Talvez matar, decapitar, queimar pessoas vivas, assassinar policiais pelo simples fato de serem da policia, estuprar, roubar, destruir a vida de famílias inteiras...talvez isso seja realmente menos grave do que adulterar notas fiscais e tentar se livrar em parte do assalto que o governo pratica nos empresários deste país. Não justifico o que ela fez...Mas compreendo! E também entendo que todas as acusações que jogaram para cima dela foram exageradas e absurdas. Apenas para tentar desviar o foco dos verdadeiros bandidos, Lula e José Dirceu. Acusar de formação de quadrilha? Esta mensagem será colada em um e-mail e enviada para a família de Eliana Tranchesi para que seja tomada as devidas providências contra o senhor. Pois em todas as palavras acusa Eliana de ser Traficante. Que eu saiba traficante é quem trafica drogas. E pelo que também sei são seus colegas bandidos quem fazem isso! Colegas como os do PT, aliados das FARC! No dia que adulterar notas fiscais for um crime maior que os que assassinos, estupradores, ladrões e quadrilheiros como os do PT praticam, então eu com certeza fugirei para qualquer outro país, até mesmo na américa do sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sandro.
      Como está explicitado no quadro de comentários, não publico comentários ofensivos seja a quem for. Mas o que li é tão surreal que resolvi publicá-lo.
      É muito fácil se esconder atrás de uma tela de computador, com um “perfil” que nada diz, e insultar as pessoas. Isso é clássico da pseudo-elite fétida que você pensa pertencer. Não é macho o suficiente para sequer colocar um perfil na web como o meu, que é verdadeiro.
      Ridículo e anecéfalo é você que sequer deve saber que o direito à livre expressão é garantido pela Constituição Federal em seu artigo 5º. Aqui eu expresso minha opinião. Não sou empregado dos barões da mídia. Aliás não sou empregado de ninguém, e a ninguém devo satisfações. O que escrevi está fartamente documentado na imprensa, inclusive com um vídeo do boçal do Boris Casoi falando sobre o assunto. Quanto a tráfico, devo adverti-lo que não se trata apenas de droga. Existe tráfico de pessoas, de armas... e tráfico de mercadorias, que é o caso da falecida Srª. Eliana. Não é porque era rica (às custas de roubar o fisco) que vou aliviar.
      Quanto ao restante de sua falácia não vou nem levar em conta. Agora, vagabundo deve ser você. Quem sabe me enviaria um e-mail e pudéssemos marcar para você me chamar de vagabundo pessoalmente.
      Quanto à processar, esteja à vontade, e publicarei quantos comentários vierem, desde que não haja ofensas.
      Passar mal.
      Eliseu.

      Excluir

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.