sábado, 3 de março de 2012

Dilma não deve se curvar a pressão golpista de militares

A afirmação é do jornalista e membro do Comitê Paulista pela Memória, Verdade e Justiça, Pedro Pomar, em reação ao manifesto lançado por militares da reserva. Ele defende a prisão dos militares que se insurgiram contra o governo da presidente Dilma. Pomar considera que jamais haverá democracia no Brasil se não houver o acerto de contas com a ditadura militar. Entrevista a Marilu Cabañas.

Ouça aqui! Não esqueça de desligar a rádio, clicando Stop!

Por: Rede Brasil Atual

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.