terça-feira, 22 de maio de 2012

Cachoeira: Sarney é flagrado por grampos da Monte Carlo

sarneyO presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), é a mais nova vítima da Operação Monte Carlo. Em gravações da Polícia Federal (PF), o ex-presidente aparece fazendo lobby pela promoção  de um servidor público da Infraero, cedido à Presidência da República durante o seu mandato. Ele também é citado por outros investigados sobre a compra da participação de Carlinhos Cachoeira em um negócio de incineração de lixo tecnológico, na Alemanha.

O funcionário beneficiado por Sarney é Raimundo Costa Ferreira Neto,o Ferreirinha, que trabalhava na portaria do Palácio do Planalto. Ele é funcionário da Infraero e, segundo a PF, facilitaria a entrada de produtos contrabandeados para a quadrilha de Carlinhos Cachoeira através do Aeroporto de Brasília. As informações foram divulgadas pelo site “Congresso em Foco”.

No: Jornal do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.