quinta-feira, 28 de junho de 2012

Kassab proíbe. Internautas organizam “sopão da gente diferenciada”

gilberto-kassabPoucas horas após o anúncio da prefeitura de São Paulo de proibir a distribuição de sopa para moradores de rua, manifestantes já se mobilizaram por meio das redes sociais para protestar contra o ato do prefeito Gilberto Kassab (PSD).

Em 30 dias, a prefeitura promete acabar com o serviço das instituições voluntárias, punindo-as caso não aceitem passar a distribuir apenas para os albergues mantidos pela prefeitura. Algumas instituições já fazem o serviço voluntário há mais de 20 anos.

Os contrários prometem mobilizar paulistanos promovendo uma grande distribuição de sopa, aos moldes do “churrasco da gente diferenciada”, que em maio do ano passado reuniu milhares de pessoas no bairro de Higienópolis após a declaração de uma moradora da região que criticou a instalação de uma estação de metrô no local. Ela argumentou que “muita gente diferenciada começaria a passar por ali”. Os protestos se espalharam pela internet imediatamente.

Dois protestos já estão sendo anunciados na rede social Facebook, o primeiro a ser realizado na Praça da Sé e outro em frente à casa do prefeito Gilberto Kassab, em Pinheiros, na zona oeste. Ambos estão marcados para o dia 6 de julho à noite. Podem ser acessados nos links Sopão da #GenteDiferenciada e Sopaço na Casa do Kassab. Até as 15h30, mais de mil pessoas haviam confirmado presença nos dois eventos.

No Twitter, usando a hashtag #SopaodaGenteDiferenciada e #KassabSopaZero, o tom é de indignação: “Desobediência Civil Já! Sopão tem de ser mantido pela Pastoral #SopaodaGenteDiferenciada”, diz um dos usuários. “O problema de Kassab e seu PSD (e do PSDB) nem é o sopão, mas sim, o pobre andarilho em SP”, diz outro usuário do microblogue.

A informação sobre a proibição foi dada pelo jornal O Estado de S.Paulo e a Secretaria de Segurança Urbana não quis comentar o assunto. Segundo sua assessoria, será enviada uma nota oficial a respeito do assunto.

4 comentários:

  1. Acho que antes d que eu morra irei ver serem criadas leis para eliminar os pobres mas, mantando-os!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antônio Carlos,
      Tenho essa mesma impressão.
      Abraços,

      Excluir
  2. Esta verdade é elementar: depois de Kassab, Haddad, nem São Paulo há de Aguentar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Décio,
      Obrigado Pelo comentário. Volte sempre!
      Abraços,
      Eliseu.

      Excluir

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.