terça-feira, 16 de outubro de 2012

Hulk esmaga. Malafaia arrebenta!

O líder da Igreja Vitória em Cristo é conhecido por declarações polêmicas na defesa de uma visão conservadora de mundo – na minha opinião, é claro. Seus discursos, não raras vezes, ultrapassam o limite da responsabilidade, confundindo liberdade religiosa e de expressão com uma guerra intolerante de ódio à diferença.

 

Por: Leonardo Sakamoto, em seu blog – No: Vermelho 


malafaia_jose_serraEm novembro do ano passado, disse que iria “funicar” (sic), “arrombar” e “arrebentar” Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). Ficou insatisfeito por conta de um de seus discursos ter sido usado em um vídeo que discute a violência contra homossexuais.

Agora, de acordo com a Folha de S.Paulo, ele promete “arrebentar” o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo por conta do material anti-homofobia que seria distribuído às escolas pelo Ministério da Educação e foi bloqueado por Dilma Rousseff após críticas da bancada de religiosos no Congresso Nacional. O candidato do PSDB, que conta com o apoio de Malafaia, afirmou que não repercutiria as “bobagens” ditas pelo pastor.

Como já disse aqui, líderes religiosos dizem que não incitam a violência. Mas não são suas mãos que seguram a faca, o revólver ou a lâmpada fluorescente, mas é a sobreposição de seus argumentos e a escolha que faz das palavras ao longo do tempo que distorce a visão de mundo dos fiéis e torna o ato de esfaquear, atirar e atacar banais. Ou, melhor dizendo, “necessários”, quase um pedido do céu. Suas ações alimentam lentamente a intolerância, que depois será consumida pelos malucos que fazem o serviço sujo.

Malafaia tem uma fixação com a palavra arrebentar. Por que ele não diz que vai desmascarar ou revelar seus adversários? Acima de tudo, proclama-se um homem de Deus.

Um inquisidor, como Torquemada? Um cruzado, talvez? Com a cruz em uma mão e uma espada na boca?

Um comentário:

  1. Infelizmente as pessoas tentam impor seus interesses por debaixo dos panos, utilizando-se das sagradas escrituras. Que a Palavra de Deus repudia o Homosexualismo é um fato, não podemos distorcer isto, porém o homosexual é um ser, uma alma e que Cristo o ama isto também é indiscutivel. Contudo o que levanta a suspeita em pessoas como Malafaia é o fato de fazerem de tudo para polemizar um assunto de forma unilateral, ou seja, sem permitir que outras opiniões possam ser discutidas, provocando ira nas pessoas que por ele são atacadas e, com isto, devido sua postura acabam por associarem com a Cristo. Espero que meu querido irmão Malafaia esteja efetivamente posicionando-se como o apostolo Paulo em seu inicio ministerial, com ciúmes pela
    Palavra de nosso Deus, e não com segundas intenções ao se associar à Politica(no sentido perjorativo)

    ResponderExcluir

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.