sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

“Perde tempo quem busca tese para impeachement”, diz Mino Carta

Jornalista diz que Dilma “comete muitos erros”, mas que não é “corrupta”, nem "desonesta"; “Quem se esforça para provar algum tipo de improbidade e busca ter um apoio jurídico para embasar a tese perde seu tempo, completamente”, afirma o diretor de redação da revista CartaCapital

No: Brasil 247

downloadQuestionado sobre a onda do impeachment, pregado pela oposição contra a presidente Dilma Rousseff, o jornalista Mino Carta reconhece que “não falta quem atire lenha nessa pseudo fogueira”, mas ressalta que essas pessoas perdem seu tempo.

“O que está faltando é uma boa leitura da Constituição”, alerta o diretor de redação da revista CartaCapital, que lembra do artigo que trata da improbidade administrativa praticada por um presidente, o que permitira que o Congresso o impedisse de governar.

Segundo ele, Dilma “comete muitos erros de estrita natureza política, mas corrupta ela não é, desonesta, ela não é”. “Quem se esforça para provar algum tipo de improbidade e busca ter um apoio jurídico para embasar a tese perde seu tempo, completamente”, defende.

2 comentários:

  1. Infelizmente não é possível acreditar que essa sra seja honesta.
    Não votei nela,como em ninguém,e continuarei assim.
    O nosso Brasil esta um caos, é uma vergonha tudo que vem acontecendo,escândalos e mais escândalos,os corruptos continuam aí impunes.
    Meu amigo, que saudades de vir aqui,não tenho visitado os amigos blogueiros,mas aos poucos vou colocando as coisas em dia.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Célia. Quanto tempo... Desculpe a demora em publicar seu comentário. Não sei o que está havendo, mas só fui notificado hoje.
      Vivemos em uma democracia e respeito opiniões. Ando com problemas pessoais e também não tenho dado a atenção que meus amigos merecem. Peço desculpas a você e todos e espero que essa turbulência que paira sobre mim passe e que eu possa voltar à normalidade.
      Um grande abraço.
      Eliseu.

      Excluir

Este espaço é livre. Os comentários são de total responsabilidade dos seus remetentes, não representando necessariamente a minha opinião.
Todos os comentários serão publicados após moderados, mas os comentários anônimos nem sempre serão respondidos.
Porém, não serão tolerados spams, insultos, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.
Textos ofensivos ou que contenham agressão, discriminação, palavras ou expressões grosseiras e sem estarem inseridas no contexto, ou que de alguma forma incitem a violência ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil serão excluídos.